A pressão do trabalho que DEPRIME

A pressão do trabalho que DEPRIME

É muito comum ver nas empresas profissionais que sofrem com a GRANDE pressão, cada vez maior pela geração de resultados rápidos, profissionais que nos últimos tempos tem buscado fontes de equilíbrio, afinal o cenário atual do país não está nada propício a grandes mudanças de carreira. Infelizmente é muito comum ver profissionais que perderam seus empregos por serem vítimas da falta de resultados e o que impressiona na maioria das vezes não é a saída pela queda na produtividade mas sim um quadro de desmotivação deste funcionário e que em sua maioria é iniciada pela pressão no trabalho.

Hoje em dia apesar de grandes avanços tecnológicos e de gestão ainda é comum ver empresas que mantém certos padrões de gerenciamento que acabam acarretando na baixa produtividade de seus colaboradores.

Acredito que a chave para um novo caminho está no equilíbrio entre o que é cobrado dos funcionários e o apoio que é oferecido pela empresa, essa instabilidade faz com que as pessoas sofram.

Nas empresas a liderança tem um papel fundamental para manter esse equilibro mas o que vemos em muitos casos são líderes despreparados que não tem ideia alguma de como conter ou reverter um quadro de desmotivação.

É muito comum ver nas empresas:

  • Líderes que cobrão MOTIVAÇÃO mas não estão motivados a pôr a mão na massa;
  • Líderes que cobrão RESULTADOS mas não sabem o que fazer para gerá-los;
  • Líderes que não oferecem o mínimo de TRANSPARÊNCIA aos seus colaboradores;
  • Líderes que tratam os colaboradores com simples peças de um sistema.

Por essa e outras situações que está cada vez mais fácil afirmar que é raro encontrar uma gestão que enxergue o funcionário além do número de seu registro, com isso, este estilo de liderança passa a ter grande influência no aumento da depressão.

Dados da (OMS) Organização Mundial de Saúde mostram de em 332 milhões de pessoas sofriam de depressão ao redor do mundo em 2015 – número que aumentou 18,4% esse 2005. No Brasil cerca e 5,8% da população tem a doença, o que faz sermos o país campeão de casos na América Latina.

Fonte: Revista você S/A Julho 2017

Identifique alguns fatores que podem desencadear a doença no ambiente de trabalho:

Carga desequilibrada – Escalas inflexíveis, longas jornadas ou horários não sociais ao sistema de turnos mal desenhados. Ter mito ou pouco a fazer e trabalhar sempre em ritmo acelerado.

Clima ruim – contatos difíceis com os pares ou gestores, o clima rim e uma alavanca para o desenvolvimento ou aprofundamento da doença.

Cobrança exagerada – A cobrança incessante por metas inalcançáveis e a sensação de estar sendo avaliado o tempo todo colaboram para uma desestabilização.

Sensação de instabilidade – A produtividade e afetada quando há falta de segurança no cargo ou uma percepção de falta de equidade em relação ao que é oferecido aos pares.

Indefinições – Falta de clareza quanto às expectativas e as responsabilidades e incompatibilidade entre os valores do empregado e a filosofia da empresa.

Fonte: Metalclean/Revista você S/A Julho 2017

Felizmente existem atitudes que devem ser postas em pratica para combater a doença, algumas delas são:

Não estigmatize a doença – Acabe com julgamentos como é “frescura”, “corpo mole” ou “bobagem”;

Ouça mais – Demonstre empatia, acolha o subordinando ou colega e tente entender o que está acontecendo, como ele se sente.

Evite Frases feitas – Dizer “mas você nem parece deprimido” ou “eu também fico triste alguns dias” não leva a nada, mesmo que seja uma tentativa de ajudar esse, comentários podem deixar a pessoa pior.

Abra as portas – Ao notar sinais como aparência debilitada, crises de choro ou isolamento, mostre que há um canal de comunicação aberto.

Cuidado coma codependência – Na ânsia de querer ajudar, algumas pessoas podem exagerar nos cuidados desta pessoa.

Fonte: Metalclean/Revista você S/A Julho 2017

Práticas como estas devem ser levadas em consideração, pois por mais simples que possam parecer, trazem grandes resultados e são somente alguns de uma grande lista de itens importantes que devem ser utilizados para combater a depressão.

Realmente é muito difícil suportar as pressões do dia a dia quando não se está num ambiente que promova o desenvolvimento, a importância com colaborador que ofereçam oportunidades. Por isso, é extremamente importante buscar sempre seu propósito, buscar aquilo que realmente lhe traz algum prazer ou buscar valores próximo aos seus, assim sua caminhada será plena, produtiva e duradoura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *